sexta-feira, 28 de março de 2014

O que é Internet das coisas (M2M)?

Pessoal,

Esse assunto é muito bom e é a noticia do momento, pode esperar que vai ser o futuro da internet e mudará a forma como vivemos e utilizamos a internet.

A galera de redes  vai ser da bem, quem puder aprenda linguagem de programação e um pouco de robótica com Arduino e RaspberyPI vai ter bastante vaga.....



O que é Internet das coisas (M2M)?

Internet das coisas é a possibilidade de comunicação entre diversos os objetos, enviando e recebendo dados e informações. Ela se refere a tecnologias como veículos robóticos, óculos e relógios informatizados, e eletrodomésticos e lixeiras com conexão à Internet. 

No futuro, haverá uma rede composta exclusivamente de objetos em interação, que resultará na automatização de diversas tarefas e trocas de informações.

M2M (Machine-to-Machine ou Mobile-to-Machine e Machine-to-Mobile) refere-se à comunicação de maquina para maquina ou móvel para maquina e maquina para móvel.  

Esta tecnologia vai além da conexão ponto-a-ponto, podendo interligar sistemas de rede, tanto com fio quanto sem fio, a dispositivos remotos.

M2M é a transferência e utilização de dados, em tempo real, via redes celulares, oriundos de equipamentos/terminais remotos para o monitoramento, medição e controle dos mesmos.

M2M possibilita o funcionamento de diversos serviços, como: rastreamento automatizado de veículos (AVL), serviços públicos, serviços financeiros (ATM’s e POS), segurança patrimonial, telemetria, automação industrial, gerenciamento de transito, smart meetering (medidores inteligentes), smart grid (redes de energia elétrica inteligentes), distribuição de petróleo e derivados, Agrobusiness e meio ambiente, saúde e outros.


M2M no Brasil

No Brasil, com a resolução do Denatran, de que a partir de janeiro de 2015 todos os veículos sairão de fábrica com módulos para rastreamento embarcado, a solução AVL cria certo otimismo no mercado.

Ainda, em fevereiro de 2015 passa a vigorar a resolução da Aneel de que todas as concessionarias devem oferecer aos clientes a opção de instalação de medidores inteligentes.

Em agosto de 2013, a Vodafone e Datora Telecom anunciaram uma parceria para atuar no mercado de M2M brasileiro. A parceria não inclui compra de participações de nenhuma das empresas, mas o setor de M2M da companhia brasileira, a Datora Mobile (MVNO), passou a se chamar Vodafone Brasil.

Anúncios de parcerias entre as teles e empresas especialistas, no modelo de partilha de receita, em softwares para determinadas verticais de negócio, deve ficar cada vez mais frequente.